domingo, 2 de maio de 2010

Vendia droga em casa e fica em domiciliária


Estas situações são simplesmente anedóticas. Não há palavras.



"O Tribunal de Guimarães voltou ontem a aplicar a medida de coacção de prisão domiciliária a um homem, de 45 anos, detido na quinta-feira com cocaína e heroína na sua residência, onde já permanecia com pulseira electrónica, precisamente por tráfico de droga. A única diferença é que, desta vez, para além da prisão domiciliária, o tribunal aplicou a medida acessória de proibição de contactar com consumidores de droga.
O homem, residente na localidade de São Jorge, em Guimarães, tinha sido condenado a uma pena de prisão de cinco anos no passado dia 23 de Março e aguardava em domiciliária uma decisão sobre o recurso, que interpôs, entretanto, na Relação. Depois de ter recebido inúmeras queixas sobre a presença de toxicodependentes à porta da habitação do homem, a GNR de Guimarães voltou a deter o indivíduo, que acabou por ser reencaminhado para casa, após o primeiro interrogatório judicial. O traficante foi detido na posse de perto de 300 doses de cocaína e heroína"


in Correio da Manhã

1 comentário:

Mia Capgras disse...

Mas que piada tão boa!Sim,isto é uma anedota não é?
E assim a minha pequena esperança no mundo,vai desvanecendo :)
É muita burrice junta.